Clic To PrayPasso a Rezar
A Rede Mundial de Oração do Papa

Materiais para Grupos AO

REUNIÃO E ORAÇÃO DE GRUPO

Certamente que todos sentimos falta de tempo para nos encontrarmos e reunirmos. O tempo é um bem precioso, mas escasso. É um tesouro que não se pode comprar, só se pode oferecer. Mas não é verdade que encontramos sempre tempo para o que verdadeiramente desejamos e queremos?

O tempo de uma reunião ou encontro é um presente que oferecemos uns aos outros. Exige de nós a generosidade da oferta do que para nós poderá até ser pouco interessante, mas que é um bem para os outros. Todos devemos dizer para nós mesmos: Que esta reunião seja boa depende de mim. De coração aberto, ao jeito do Coração de Jesus, ofereço o tempo e o modo desta reunião.

 

REUNIÃO DE GRUPO

Oração inicial – Oração do Oferecimento

(com a fórmula tradicional ou com outra)

 

1.ª Parte:

Intenção do Papa para o mês de julho de 2017

O responsável, ou outra pessoa do grupo, poderá fazer uma apresentação da intenção do Papa Francisco para este mês de julho: «Pelos nossos irmãos que se afastaram da fé, para que, através da nossa oração e do nosso testemunho evangélico, possam redescobrir a proximidade do Senhor misericordioso e a beleza da vida cristã».

 

2.ª Parte:

Os grupos do AO são grupos de oração e de ação

Depois da apresentação da intenção do Santo Padre, dar algum tempo para partilhar o que os membros do AO poderão fazer, na linha do que o Papa Francisco nos propõe, talvez respondendo às seguintes perguntas:

Esforçamo-nos por dar testemunho de vida cristã aos não crentes ou afastados da Igreja?

Na nossa oração incluímos os que não creem nem vivem a fé como nós?

 

3.ª Parte:

Assuntos práticos do grupo do AO…

Terminar com uma leitura da Palavra de Deus (por exemplo, o Evangelho do domingo seguinte à reunião) e com uma oração ou um cântico.

 

ORAÇÃO EM GRUPO

(poderá ser feita por ocasião da reunião, no começo ou ao fim, ou noutro tempo oportuno, numa sala ou numa igreja/capela, com ou sem sacerdote ou diácono)

Presidente: A paz de Deus, rico em misericórdia, e de seu Filho Jesus, amigo dos pobres e pecadores, na unidade cordial do Espírito Santo, estejam sempre convosco.

Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

Presidente: Caríssimos irmãos e irmãs, foi-nos concedida a grande graça de ter connosco o Papa Francisco, para canonizar duas crianças, que passaram a ser os santos Francisco e Jacinta Marto. Cerca de um milhão de pessoas estiveram presentes em Fátima e incontáveis milhões acompanharam estas celebrações jubilares pelos meios de comunicação social. Abramos o nosso coração a esta mensagem da homilia que aí nos fez o Santo Padre:

Leitor: «No crer e sentir de muitos peregrinos, senão mesmo de todos, Fátima é sobretudo este manto de Luz que nos cobre, aqui como em qualquer outro lugar da Terra, quando nos refugiamos sob a proteção da Virgem Mãe para Lhe pedir, como ensina a Salve-Rainha, “mostrai-nos Jesus”. Queridos peregrinos, temos Mãe, temos Mãe! Agarrados a Ela como filhos, vivamos da esperança que assenta em Jesus».

Palavra da Igreja.

Todos: Graças a Deus.

Presidente: Irmãs e irmãos caríssimos, Deus escuta–nos sempre com atenção e ternura. A Ele dirijamos a nossa oração, por Jesus Cristo Salvador, confiados na intercessão de sua e nossa Mãe, a Virgem Maria, dizendo com fé: Ouvi, Senhor, a nossa prece.

Leitor: Pelo nosso Papa Francisco, que nos visitou em Fátima, a fim de que seja para a Igreja e o mundo corajoso profeta da paz e da concórdia, da justiça e do serviço aos mais frágeis e necessitados, oremos ao Senhor.

Leitor: Para que, à imitação dos novos santos Francisco e Jacinta, saibamos valorizar o poder da oração, unindo-nos em súplica pela paz no mundo, pela conversão dos pecadores e pelo Santo Padre, acreditando que, com a ajuda de Deus, o mundo pode ser melhor e a Igreja mais santa, oremos ao Senhor.

Leitor: Pelas famílias das nossas aldeias, vilas e cidades, a fim de que nelas cresçam os laços de amizade entre os esposos, os filhos e outros membros dos agregados familiares, e se reforce a valorização da vida humana, em todas as suas etapas e situações, oremos ao Senhor.

Leitor: Como Rede Mundial de Oração do Papa, unamo-nos à intenção do Santo Padre Francisco para este mês de julho: «Pelos nossos irmãos que se afastaram da fé, para que, através da nossa oração e do nosso testemunho evangélico, possam redescobrir a proximidade do Senhor misericordioso e a beleza da vida cristã», oremos ao Senhor.

Outras intenções espontâneas…

Presidente: Acolhei, Deus de bondade, a nossa oração filial e confiante, que vos dirigimos pela mediação do nosso Salvador Jesus Cristo, por intercessão da Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, na unidade do Espírito Santo.

Todos: Ámen.

 

Manuel Morujão, s.j. 

pdf Reunião de grupo – Julho