Clic To PrayPasso a Rezar
A Rede Mundial de Oração do Papa

Click To Pray surpreendeu na Web Summit

O Click To Pray foi uma presença surpreendente na Web Summit 2017. O secretário nacional do Apostolado da Oração, padre António Valério, sj, descreve assim a participação da aplicação oficial da Rede Mundial de Oração do Papa, salientando que não é habitual uma iniciativa de oração estar num certame de tecnologia, como é a Web Summit.

Durante o dia 7 de novembro, entre as 8h00 e as 18h00, passaram pelo stand do Click To Pray centenas de pessoas, maioritariamente estrangeiras, que felicitaram os representantes da aplicação pelo facto de a Igreja estar presente numa iniciativa deste género. Muitos utilizadores do próprio Click To Pray marcaram presença junto deste espaço de exposição, agradecendo o trabalho desenvolvido e as propostas de oração apresentadas diariamente.

“Uma aplicação católica para rezar com o Papa, presente entre várias startups, chamava a atenção”, refere o sacerdote. E acrescenta: “as pessoas mostravam-se surpreendidas e agradadas, por não saberem que a Igreja estava presente ao nível das novas tecnologias”.

Surpresa foi também a reação sentida pelos membros do júri do Pitch 2017, onde o Click to Pray apresentou a história do seu desenvolvimento e os desafios que enfrenta. “Foi uma apresentação muito interessante”. Os jurados, todos estrangeiros, “mostraram interesse no modelo de negócio e quiseram saber como funcionava e quem geria os conteúdos”.

O padre António Valério vê esta presença na Web Summit como “uma forma de evangelização” e de “desmontar preconceitos”, além de ser uma “oportunidade de estabelecer vários contactos”, quer com investidores, de modo a perceber possíveis modelos de financiamento que podem ser aplicados no futuro, tendo em consideração o crescimento previsto, quer com a comunicação social portuguesa e estrangeira.

O Click To Pray surgiu em Portugal em 2014 e em 2016 foi adotado como a plataforma oficial de oração pelas intenções do Santo Padre.