Clic To PrayPasso a Rezar
A Rede Mundial de Oração do Papa

Ao estarmos abertos aos outros, recebemos os dons da gratidão, da gratuitidade e da criatividade

Sob o lema “Entre a Universidade e a Escola, construindo a paz através da cultura do encontro”, a terceira edição do Congresso Internacional de “Cátedras Scholas”, organizado pela fundação pontifícia “Scholas Occurrentes”, em Jerusalém, juntou mais de 70 jovens israelitas, palestinianos e de outros países que receberam uma mensagem do Papa Francisco em videoconferência.

“Todos pisamos a mesma terra, a nossa casa comum”, introduz o Papa, procurando refletir sobre o que une e o que divide o grupo de jovens reunidos no congresso. “Vós mesmos, partindo das vossas diferenças, alcançastes a unidade. Não vos ensinaram nada. Vós viveste-lo”, explica o Sumo Pontífice.

O Papa Francisco pede aos jovens que rejeitem propostas que os façam “viver como inimigos”, apontando, como alternativa, a “cultura do encontro”.

Nos dias do congresso, que decorreu de 2 a 5 de julho, os participantes tiveram a oportunidade de viver uma “educação que abre ao desconhecido” e que conduz à “gratidão, à gratuitidade e à criatividade”, uma educação livre de preconceitos que fomenta o encontro entre as pessoas. “Podemos unir-nos valorizando a diversidade de culturas para alcançar, não a uniformidade, mas sim a harmonia”, salienta o Papa.

O Papa Francisco é apoiante do projeto desde que era arcebispo de Buenos Aires, na Argentina.